11
mar

FINALMENTE O ANO VAI COMEÇAR PARA O AXÉ

2014

Se para o brasileiro o ano só começa depois do carnaval, para as bandas de axé isso é uma verdade absoluta. O sucesso de sua agenda para o ano que se inicia depende de um bom carnaval e a visibilidade que ele pode lhes proporcionar. Quem sabe não faturam o título de música do carnaval e conseguem até dar um “UP” no chachê?? Se bem que ter a música do carnaval não é garantia de nada. Vide a banda Filhos de Jorge e seu Ziriguidum que foram eleitos em 2013 e sequer conseguiram sair das fronteiras baianas.

Mas esse ano vai ser diferente para o seguimento do axé. Muitas mudanças de peças em grandes bandas ajudaram a oxigenar a música baiana. Bell, Alinne Rosa e Léo Santana partirão para carreira solo. E suas respectivas bandas tentarão a sorte com novos vocalistas. Acredito que o Cheiro de Amor saia na frente, pois tem uma longa tradição e grandes hits e Alinne Rosa não conseguiu ser maior que a marca, como acontece com Bell e Léo. 

Pelo menos em Minas Gerais, 2014 já começou dando sinal de que vai ser melhor pra turma da terra do dendê. Grandes eventos de axé como Carnabirito, em Itabirito e a despedida de Bell do Chiclete em BH, foram um enorme sucesso. Tomara que as bandas vejam isso como uma retomada de mercado, que antes era sufocado com inúmeros e cada vez mais iguais eventos de sertanejo, e não como uma oportunidade de aumentar seus cachês. 

Se todo mundo cair na real, o axé vai se reerguer em grande estilo. Ponto para os contratantes e ponto para as bandas que forem espertas e tiverem um planejamento para nos reconquistar.

Afinal nós mineiros somos desconfiaaaaados, mas adoramos a Bahia.

Veja também

Comentários